2008/04/15


Rua dos Caminhos de Ferro - Lisboa

.

5 comentários:

Vicissitude(s) disse...

NÃO PODES!!!!

TU TIRASTE UMA FOTO!!!

CADÊ O VELHO NEGRO??

Tu és um génio; em frente há o sandokan.
Em frente está a Maçã Verde, onde vamos debater e almoçar.

AHh a rua dos caminhos de ferro!!!!

Tu respiras Santa Apolónia.


Aprovadíssimo! Desculpa a minha exaltação!

Vicissitude(s) disse...

É que falta mesmo aí o negro andrajoso. Bebi muito copo com ele...

niilista... ele é niilista.

Vicissitude(s) disse...

Voltei outra vez, de tão exultado que estava.

Pedir-te-ia um favor, fornercias-me as "fotos" e eu faria uns textos.


Já que tão bom toque tens para... os locais mais que perfeitos. Ninguém, mas mesmo ninguém tiraria uma foto a este preciso local... eu cresci aí! Eu conheço o eurico (é o nome do velho que aí dorme), cresci com ele. Opá, és fantástica!

Anónimo disse...

Não tens de te desculpar pela exaltação - venha mais disso! Enviar-te-ei as fotos que quiseres.
(Não quis fotografar o Eurico, pareceu-me demasiado intrusivo importuná-lo no hotel. E gosto de fotografar quartos de hotel sem humanos).

Berna

Tapista M disse...

Alegra-me comprovar que tem chovido em Lisboa (no meu bairro). Também gostei de saber que os indigentes têm sentido do humor! Tive pena pela muro azul da estação.